Loading
Irã

A diplomacia da pólvora

Antes de desembarcar em La Paz para posse do presidente da Bolívia Luis Arce Catacora, o chanceler iraniano Yavad Zarif passou por Cuba e Venezuela. Mensageiros dos aiatolás, o diplomata não veio à América Latina para “gastar saliva”, mas para trazer pólvora.

Peça importante nos esforços iranianos de exportar instabilidade, Zarif é a ponta de lança de uma série de ações do Irã na região que incluem um possível fornecimento de mísseis para Venezuela e a retomada dos esforços iniciados na década passada por Mahmoud Ahmadinejad, que usou a região como parte importante para driblar as sanções ao programa nuclear iraniano. Falo mais na coluna desta semana em a Gazeta do Povo.   

 , , , , ,
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial